Conheça o CM Slim: eletroestimulador muscular para ajudar na tonificação muscular e redução de gordura

tratamento cm slim

Hoje traremos informações sobre o CM Slim, um novo tratamento disponível.

Em primeiro lugar, você sabia que existem dois tipos de flacidez corporal? Se ainda não sabe, a gente te explica!

O primeiro tipo de flacidez corporal é denominado flacidez tissular, que nada mais é do que flacidez de pele, que geralmente está associada ao aspecto “caído” ou “frouxo” da pele.

Já o segundo tipo é chamado de flacidez muscular, aquela flacidez que atinge o músculo e geralmente deixa a região corporal afetada com aspecto “mole”, sem definição e tônus.

A flacidez muscular é um incômodo estético que atinge homens e mulheres e pode ou não estar associada à flacidez de pele e gordura localizada.

O lado bom é que na busca por tratamentos modernos para redução de gordura, falta de tônus muscular e melhoria do contorno corporal, tecnologias cada vez mais inovadoras entram no mercado.

E a ZAY está por dentro delas!

O CM Slim é um aparelho com tecnologia HI-EMT (High Intensity Electromagnetic Muscle Trainer), que trabalha com um campo eletromagnético capaz de atingir frequências específicas e todas as camadas de pele e gordura.

Abaixo vamos explicar melhor como funciona e todos os detalhes das condições e possibilidades de uso:

Para que serve o CM Slim?

O CM Slim trabalha no fortalecimento da musculatura, melhorando também o aspecto estético da área tratada.

Pode ser aplicado na região do abdômen, glúteos, bíceps, tríceps, posterior e anterior de coxas e panturrilhas. 

Embora focado em estimular o fortalecimento muscular, protocolos de aplicação mais específicos permitem acelerar também a queima de calorias por até 24h, auxiliando na remodelação corporal.

Como funciona o tratamento com CM Slim?

tratamento cm slim

CM Slim

O CM Slim atua promovendo a estimulação elétrica muscular, que também é uma estimulação neuromuscular. Ou seja, o músculo é estimulado a contrair por meio de um estímulo elétrico. O campo eletromagnético gerado passa pelo corpo de forma não invasiva. E ele tem uma intensidade considerada segura para o paciente.

O aparelho conta com 2 aplicadores que se adaptam a variadas regiões, gerando o estímulo que provoca as contrações involuntárias. 

Esses aplicadores funcionam com refrigeração à base de água, o que não exige que haja maiores períodos de inatividade, ou seja, permite que se possa utilizar o aparelho por períodos mais prolongados sem a necessidade de pará-lo para “descanso”, agilizando o atendimento.

A redução de gordura é incentivada por meio da liberação de ácidos graxos nessas contrações. Isso acontece de forma parecida com a que ocorre durante um esforço físico. 

O tratamento com o CM Slim é feito por sessões e 30 minutos de aplicação equivalem, quando não ultrapassam, a 20 mil contrações musculares.

Embora a prática de exercícios físicos não esteja dispensada para a adoção de hábitos mais saudáveis, sua potência equivale a 20 mil abdominais nesse mesmo tempo.

Os protocolos exclusivos são realizados conforme todas as diretrizes do fabricante, por isso são indicadas pelo menos 8 sessões. Cada sessão tem a duração de 30 minutos e normalmente divide-se em 2  a 3 sessões por semana, sendo que o intervalo entre elas deve ser de pelo menos 2 dias (48 horas), para descanso do corpo.

Após o término das sessões indicadas, é recomendada a manutenção mensal.

Serve para redução de gordura e combate à gordura localizada?

Sim, além do fortalecimento da musculatura, o CM Slim serve para redução da diástase (aquela saliência abdominal normalmente vista na contração dos músculos, como consequência do pós-parto), aumento da massa muscular, especialmente nos protocolos desenvolvidos para homens e, por último, mas não menos importante, proporciona a diminuição da gordura localizada.

Outra informação importante é referente à hipertrofia (aumento do volume das fibras) e à hiperplasia musculares. O estresse mecânico imposto ao sistema muscular promove a indução de proteínas que ativam os genes que estimulam síntese protéica, o que causa aumento do tamanho do músculo.

Na hiperplasia muscular (multiplicação de fibras) a sobrecarga crônica do músculo faz surgir novas fibras. A partir de condições similares ao estresse sobre o músculo, por exemplo, as chamadas células satélites adormecidas se transformam em novas fibras musculares.

O CM Slim dói? Há contraindicações?

Para realizar o procedimento, o cliente passa por avaliação. 

Em geral, está contraindicado o uso dessa tecnologia em pacientes que tenham marcapasso ou outros implantes metálicos no corpo, assim como gestantes, lactantes, cardíacos, pacientes com bomba de infusão, histórico de cirurgia cerebral, que estejam com febre ou alteração coagular e insuficiência pulmonar.

Também não se deve aplicar o CM Slim em regiões que estejam muito próximas ao coração e necessita de profissional capacitado para operá-lo.

Com relação à dor, a maioria dos pacientes costumam relatar apenas contração muscular, mas não sensação dolorida. Contudo, é extremamente importante, mais uma vez, que o tratamento seja sempre aplicado de acordo com os protocolos estabelecidos. Os resultados podem variar conforme as condições e estado de cada cliente.

Gostou de saber mais detalhes sobre o CM Slim? Se tiver dúvidas, deixe nos comentários ou entre no Insta da ZAY para ver mais tratamentos e enviar um direct para te atendermos de forma personalizada! 

Fale com a Zay Estética